Sobre Nós

Saiba um pouco mais sobre o maior classificado de acompanhantes de SC.

Quem somos?

 

Depois de anos, prestando consultoria para o maior e melhor site de acompanhantes do Brasil em São Paulo, desembarcamos na bela Santa Catarina, para desenvolver o maior site de acompanhantes do estado. Nossa equipe é composta por um time de empreendedores digitais formados por:

  • Programadores (sites 100% responsivos e com o que há de mais moderno na internet)
  • Designers (nosso site conta com uma navegação simples e ágil)
  • Fotógrafo Profissional (um dos mais renomados fotógrafos da região, garantia de fotos de altíssima qualidade)

Ou seja, viemos para transformar o mercado de acompanhantes de Santa Catarina.


O que fazemos?

 

Somos uma empresa de classificados que oferece anúncios de acompanhantes, juntamente com seus números de telefone para contato, seus dados pessoais e algumas foto grátis de cada uma.

Nossa empresa não agencia e não cobra nenhuma taxa ou comissão sobre os negócios realizados entre nossos clientes e nossas anunciantes, portanto todas as negociações devem ser feitas diretamente com as anunciantes, através de seus próprios números de telefone.

Nossa empresa respeita o estatuto do menor e do adolescente, portanto não publica anúncios de menores de idade. Para isso temos um rígido sistema de controle das anunciantes, com cópias autenticadas dos documentos comprobatórios de maioridade. Solicitamos ainda que, caso alguma pessoa tenha conhecimento, ou mesmo suspeita, de que menores de idade estão anunciando no site (no caso com documentos falsos), que nos informe para que possamos averiguar e retirá-las do ar imediatamente.

Temos autorização por escrito de todas as anunciantes autorizando tanto seu anúncio quanto a veiculação de suas fotos, e suas assinaturas são autenticadas em cartório, comprovando assim, também, sua maioridade.

Você sabia?

De acordo com o Código Penal Brasileiro, capítulo 5 artigos 227 a 231, a profissão de acompanhante não é considerada crime, sendo que o Ministério do Trabalho e Emprego reconhece a existência de Profissionais do Sexo através da Classificação Brasileira de Ocupações de 2002 (CBO 5198), e uma vez reconhecida como ocupação, e como fonte legal de renda, ela pode ser divulgada como profissional liberal por meios publicitários.

 

NOVIDADE: SHEILA BOMBOMVEJA AS FOTOS AGORA!